Tamanho do texto

Quem quiser se candidatar terá que ter feito o Enem de 2017, alcançado 450 pontos e ter tido uma nota superior a zero na redação; veja como se inscrever

Inscrições para o Prouni 2018 deverão ser feitas exclusivamente pela internet, na página do programa; atente-se ao prazo
shutterstock/Reprodução
Inscrições para o Prouni 2018 deverão ser feitas exclusivamente pela internet, na página do programa; atente-se ao prazo

O estudantes que quiserem participar da edição deste semestre do Programa Universidade para Todos (Prouni 2018) já podem realizar suas inscrições. Elas serão feitas exclusivamente pela internet, na página do programa .

O Prouni 2018 oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior. Ao todo, neste processo seletivo, serão ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, num total de 1.460 instituições. As bolsas ofertadas nesta edição são todas para o segundo semestre deste ano.

Quem quiser se candidatar, deverá ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem ) de 2017. Na prova, é preciso que os candidatos tenham alcançado no mínimo 450 pontos e tenham tido nota superior a zero na redação.

Para os que almejam uma bolsa integral para cursar o ensino superior, deverá ser comprovada a renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. Já para as bolsas parciais de 50%, é dada a preferência a alunos que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos.

Leia também: Calendário escolar sofre modificações durante a Copa do Mundo; veja quais

Quem conseguir uma bolsa parcial e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Vale ressalta que só podem participar do Prouni alunos brasileiros sem curso superior e que tenham feito o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada.

Como se inscrever no Prouni 2018?

No momento da inscrição, o candidato só pode escolher até duas opções de instituições, curso e turno entre as bolsas disponíveis. Essas opções devem ser selecionadas no sistema de acordo com a ordem de preferência do estudante.

Aqueles candidatos com deficiência ou que se autodeclararem indígenas, pretos ou pardos podem optar por concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas.

Uma vez por dia, o sistema do Prouni calcula a nota de corte, que é a menor para ficar entre os potencialmente pré-selecionados de cada curso, com base no número de bolsas disponíveis e no total de candidatos inscritos no curso, por modalidade de concorrência.

O Ministério da Educação (MEC) esclarece que a nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento da inscrição. Ela não é garantia de pré-seleção para a bolsa ofertada. A primeira nota de corte será divulgada amanhã (27).

Leia também: Aluno pode renegociar dívida com instituição para não perder renovação do Fies

Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionadosno Prouni 2018 estarão disponíveis também na página oficial do programa, a partir do dia 2 de julho para a primeira chamada, e 16 de julho para a segunda.

* Com informações da Agência Brasil.

    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.