Tamanho do texto

Prova é aplicada a mais de 18 milhões de alunos de 54 mil unidades de ensino do País; diretor-adjunto do Impa garante: matéria é 'divertida e desafiadora'

Dos cálculos da personagem Nazaré à confusão do cantor Harry Styles: a oferta de memes com a Obmep é imensa
Reprodução/ Twitter
Dos cálculos da personagem Nazaré à confusão do cantor Harry Styles: a oferta de memes com a Obmep é imensa

Mais de 18 milhões de estudantes fazem, no decorrer desta terça-feira (5), a prova da primeira fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). A avaliação, que é aplicada em escolas públicas e particulares de todas as regiões do País, faz parte da maior competição do Brasil – e, como esperado, gerou uma enxurrada de memes nas redes sociais. 

Leia também: Número de candidatos inscritos no Enem cai 1,2 milhão de 2017 para 2018

Em sua 14ª edição, a Obmep será aplicada hoje em 99,44% dos municípios brasileiros. Depois de aplicadas em cada uma das escolas participantes, as avaliações serão corrigidas, de acordo com as instruções e os gabaritos entregues às instituições de ensino. São 20 questões e os alunos têm 2h30 para concluir a prova.

A olimpíada é realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada ( Impa ) – organização vinculada ao Ministério da Educação e ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MTIC) – e, nesse ano, atingiu o número recorde de unidades de ensino inscritas: 54.496 escolas. 

Mas, afinal: qual o nível de dificuldade dessa prova? Segundo Claudio Landim, diretor-adjunto do Impa e coordenador-geral da Olimpíada de Matemática , a prova é "concebida de forma que se possa responder às perguntas por meio do raciocínio lógico e da criatividade". Assim, "alunos que nem sabiam que gostavam de matemática acabam descobrindo o quanto ela pode ser divertida e desafiadora", diz. 

Repercussão da Obmep nas redes sociais – diversão pós-prova

Contrapondo a expectativa de Landim, os internautas, por sua vez, perceberam o desafio que a prova apresentava, mas não acharam a avaliação tão 'divertida' assim. Afinal, o meme da Nazaré Tedesco confusa fazendo cálculos foi apenas uma das imagens mais compartilhadas a respeito do assunto no Twitter. 



Algumas questões ganharam destaque nas redes sociais. Um exemplo é a que falava sobre o quadrado do 'eu'. Nela, os estudantes foram desafiados a desvendarem o valor de 'e', 'u' e 'm'.

O enunciado foi tão lembrado que até a página oficial do Enem se manifestou sobre o assunto no Twitter. 

Um outro exemplo de questão que se destacou nos comentários do Twitter foi uma sobre o famigerado João e suas mentiras. 

Leia também: Escolas e universidades suspendem aulas devido à greve dos caminhoneiros

Nela, o enunciado dizia que "João tem o estranho hábito de mentir às segundas, terças e quartas. Nos outros dias da semana ele fala a verdade". Em seguida, a prova acrescentava Maria na questão e perguntava "Em quantos dias da semana João pode dizer 'Ontem eu disse a Maria que mentiria hoje'?" A resposta dos internautas foi clara:

Segunda fase da Obmep – e a importância da competição

Brincadeiras e memes à parte, essa era uma avaliação seletiva. Os alunos classificados nesta primeira etapa farão a segunda fase, discursiva, em 15 de setembro.

Além disso, participar da olimpíada – apesar de ser considerado difícil por alguns alunos – é favorável para o aprendizado da matéria. Afinal, segundo estudos independentes, é comprovado um efetivo impacto da competição acadêmica nos resultados de matemática no País.

Segundo a assessoria do MEC, escolas que participam ativamente da Obmep apresentam acentuada melhora no desempenho de seus alunos na Prova Brasil: a evolução é da ordem de 26 pontos, o que corresponde a 1,5 ano de escolaridade extra.

Leia também: Unicamp surpreende ao incluir álbum dos Racionais na lista do seu vestibular

    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.