Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas de ensino superior a uma taxa de juros de 6,5% ao ano
Isabelle Araújo/MEC
Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas de ensino superior a uma taxa de juros de 6,5% ao ano

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) abriu, nesta segunda-feira (18), as inscrições para concorrer às vagas que não foram preenchidas no processo seletivo do segundo semestre. As candidaturas deverão ser feitas exclusivamente na página do Sistema de Seleção do programa, o FiesSeleção, na internet.

As vagas remanescentes do Fies são voltadas para candidatos que tenham participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), desde 2010, com nota mínima de 450 pontos nas provas, e que não tenham tirado nota zero na redação. Além disso, é necessário comprovar renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Também podem participar da seleção aqueles que já tentaram o financiamento pelo processo seletivo regular, mas não obtiveram sucesso .

Após o registro no FiesSeleção, o candidato deverá concluir a inscrição no Sistema Informatizado do programa (Sisfies) nos dois dias úteis subsequentes. Os prazos de inscrição variam de acordo com a condição do estudante. Confira o calendário:

18/09 a 21/09

Período de inscrição para os candidatos ingressantes não graduados, que não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e se inscrito no processo seletivo regular do programa no segundo semestre deste ano. Os candidatos devem ter sido reprovados em cursos suspensos por não formação de turma no período inicial, bem como aqueles inscritos nos referidos cursos e não pré–selecionados.

19/09 a 21/09

Período de inscrição para os candidatos ingressantes não graduados, que tenham quitado financiamento estudantil anterior e que tenham se inscrito no processo seletivo regular do programa no segundo semestre deste ano, tendo sido reprovados em cursos suspensos por não formação de turma no período inicial, bem como aqueles inscritos nos referidos cursos e não pré–selecionados.

20/09/ a 21/09

Período de inscrição para os candidatos ingressantes graduados, que não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e que se inscreveram no processo seletivo regular do programa no segundo semestre deste ano, tendo sido reprovados em cursos suspensos por não formação de turma no período inicial, bem como aqueles inscritos nos referidos cursos e não pré–selecionados.

21/09

Período de inscrição para os candidatos ingressantes graduados, que tenham quitado financiamento estudantil anterior e que tenham se inscrito no processo seletivo regular do programa no segundo semestre deste ano, tendo sido reprovados em cursos suspensos por não formação de turma no período inicial, bem como aqueles inscritos nos referidos cursos e não pré–selecionados.

22/09 a 25/09

Período de inscrição para os candidatos não graduados, que não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de instituição de IES em que não está matriculado.

Leia também: Prazo para renovar contratos do programa de financiamento termina em outubro

22/09 a 28/09

Período de inscrição para os candidatos não graduados, que não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de IES em que está matriculado.

Você viu?

23/09 a 25/09

Período de inscrição para os candidatos não graduados, que tenham quitado financiamento estudantil anterior e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de IES em que não está matriculado.

23/09 a 28/09

Período de inscrição para os candidatos não graduados, que tenham quitado financiamento estudantil anterior e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de IES em que está matriculado.

24/09 a 25/09

Período de inscrição para os candidatos graduados, que não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de IES em que não está matriculado.

24/09 a 28/09

Período de inscrição para os candidatos graduados, que não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de IES em que está matriculado.

25/09

Período de inscrição para os candidatos graduados, que tenham quitado financiamento estudantil anterior e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de IES em que não está matriculado.

25/09 a 28/09

Período de inscrição para os candidatos graduados, que tenham quitado financiamento estudantil anterior e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de IES em que está matriculado.

Mudanças

Os estudantes que assinarem o contrato de financiamento, nesta edição, serão os últimos a contarem com as regras já conhecidas do programa, com taxa de juros de 6,5% ao ano. Isso porque, a partir do ano que vem, o Fundo de Financiamento Estudantil terá nova sistemática, com três modalidades.

A primeira delas terá juro zero, corrigido somente pela inflação, e irá oferecer 100 mil vagas em 2018, de acordo com o MEC. Poderão contratar essa opção de financiamento, os estudantes que possuam renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa. A proposta do Ministério da Educação é que os custos do financiamento não comprometam mais que 10% da renda da família.

A segunda modalidade foi batizada como Fies Regional, que vai oferecer no próximo ano 150 mil contratos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com juros de até 3%. Poderão se candidatar estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos por pessoa.

Leia também: Saiba tudo sobre o Fundo de Financiamento Estudantil aqui no iG

Por último, o MEC anunciou também o Fies Desenvolvimento, que vai oferecer 60 mil vagas mediante à captação de recursos junto ao BNDES e aos fundos de desenvolvimento regional. Essa modalidade também poderá ser contratada por alunos com renda familiar de até cinco salários per capita.

    Leia tudo sobre: Fies

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários