As provas do Enem foram realizadas nos anos de 2015 e 2016, mas a pena só foi anunciada nesta semana
shutterstock/Reprodução
As provas do Enem foram realizadas nos anos de 2015 e 2016, mas a pena só foi anunciada nesta semana

Os resultados de 13 participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de indiciados por crime de fraude na prova  foram anulados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Três desses candidatos fizeram a edição do Enem de 2015 e dez, a do ano passado. Todos foram suspeitos, conforme apontou a Polícia Federal no inquérito da operação “Jogo Limpo”, deflagrada pela Superintendência Regional no Maranhão.

Conforme indica o Código Penal, os culpados poderão receber a pena de multa e de reclusão por até seis anos. No entanto, a punição ainda não foi confirmada, apenas a anulação dos resultados da prova.

O Inep também afirmou que irá encaminhar o ofício ao Ministério da Educação (MEC) para que as instituições nas quais os participantes estão matriculados tomem as medidas administrativas cabíveis.

Entre os indiciados, a maioria está matriculada em cursos de medicina e odontologia em universidades federais das regiões Norte e Nordeste do Brasil.

Além da anulação dos resultados das provas, a Polícia Federal sugeriu ao Inep o reforço dos procedimentos de segurança na administração dos cadernos de provas.

Você viu?

Entre as novas medidas para evitar outros casos de fraudes, a instituição irá providenciar provas identificadas com nome e número de inscrição para a edição do Enem 2017. O Inep diz que adotará outras estratégias sugeridas pela Polícia Federal, que serão anunciadas no final de setembro.

Leia também: Candidato é preso por fraude no Enem

Prova

Além de ficar ligado nos temas que podem cair na prova, o candidato também precisa estar por dentro de todas as novidades do exame. O exame deste ano será realizado em dois domingos seguidos, diferente das edições anteriores. As datas escolhidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foram os dias 5 e 12 de novembro.

Um dos fatores que motivaram o instituto a modificar o exame para os domingos foi a facilitação para os candidatos sabatistas, que tradicionalmente precisavam esperar até às 19h do sábado para iniciar a prova.

A ordem de aplicação dos conteúdos também foi alterada. Desta vez, no primeiro domingo, dia 5, serão aplicados os exames de Linguagens, Ciências Humanas e Redação, e os candidatos terão 5 horas e 30 minutos para a realização.

Já no segundo dia, 12, os participantes do Enem terão que lidar com as questões das provas de Matemática e Ciências da Natureza, com 4 horas e 30 minutos de duração.

Leia também: Veja cinco temas de atualidades que podem cair nas questões do Enem

    Leia tudo sobre: Enem

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários