Tamanho do texto

Valor será utilizado para ampliação para ampliação do Centro de Ciências Sociais Aplicadas e para a criação do Instituto de Gestão e Políticas Públicas

Ministro Mendonça Filho assina repasse de R$ 2,4 milhões para as obras no campus da UFPE em Recife
Rafael Carvalho/MEC - 7.7.17
Ministro Mendonça Filho assina repasse de R$ 2,4 milhões para as obras no campus da UFPE em Recife

O ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou nesta sexta-feira (7) a liberação de R$ 2 milhões para o início das obras de ampliação do CCSA (Centro de Ciências Sociais Aplicadas) da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco). Serão destinados outros R$ 470,7 mil para a criação do IGPP (Instituto de Gestão e Políticas Públicas) da universidade.

Leia também: Inscrições para novas vagas do Fies do 2º semestre serão abertas em 25 de julho

Durante evento em Recife, o ministro afirmou que o investimento é um compromisso do MEC (Ministério da Educação) para garantir boa aprendizagem aos estudantes da UFPE . “Pernambuco tem uma das universidades mais tradicionais e de grande relevância do ponto de vista acadêmico e técnico. Evidentemente, precisa ter a estrutura e a infraestrutura necessária para que possa permitir um bom espaço de aprendizagem para os estudantes”, ressaltou.

A ampliação do CCSA demandará, ao todo, R$ 13,5 milhões. A previsão é de que a obra seja concluída até o final de 2018. Será construído um novo bloco de três andares, destinado a salas de aula. Além disso, o Bloco E terá o térreo ampliado e o primeiro andar construído, que abrigará a sala de professores. O primeiro andar do Bloco D também aumentará e será reservado para grupos de pesquisa ligados à pós-graduação e ao IGPP. Serão 3,6 mil metros quadrados de área construída.

Leia também: USP aprova sistema de cotas pela primeira vez na história

O CCSA tem atualmente cerca de 4.140 estudantes de graduação e pós-graduação, 167 professores e 85 funcionários. São oferecidos oito cursos de graduação: ciências administrativas, ciências contábeis, ciências atuariais, ciências econômicas, hotelaria, secretariado, serviço social e turismo. Nos níveis de mestrado e doutorado, os cursos são nas áreas de serviço social, ciências administrativas, economia e ciências contábeis e turismo.

O espaço físico atual do CCSA é insuficiente para atender a demanda, devido ao aumento das atividades de ensino, pesquisa e extensão. A expectativa é que o centro se consagre como uma instituição de ponta da região Nordeste.

Gestão

Para viabilizar a criação do Instituto de Gestão e Políticas Públicas, o MEC liberou R$ 470.763,43. O valor será utilizado para a aquisição de equipamentos, custeio de pesquisas e bolsas para pesquisadores. A homologação do instituto ocorrerá em agosto. Vinculado à reitoria da universidade , o instituto será um órgão superior com o objetivo de estruturar e gerenciar recursos e competências institucionais nas áreas de gestão pública e políticas públicas.

Leia também: Para reitores, universidades estaduais do RJ não conseguirão iniciar 2º semestre

O objetivo da UFPE é ofertar serviços educacionais nos níveis de pós-graduação (lato e stricto sensu), bem como pesquisas sociais aplicadas na gestão pública e na gestão de políticas públicas. Também serão realizadas atividades de extensão voltadas para a realização de eventos e cursos de capacitação de curta duração, em formatos customizados. O intuito é formar gestores e quadros técnicos responsáveis pela formulação, implementação e avaliação de políticas públicas.