Tamanho do texto

Cansado de livros e apostilas? Documentários podem ajudar a refletir sobre a realidade social brasileira e ampliar os conhecimentos sobre temas atuais

Assistir documentários pode ser uma maneira mais interativa de estudar e se preparar para o Enem
shutterstock/Reprodução
Assistir documentários pode ser uma maneira mais interativa de estudar e se preparar para o Enem

Documentários são considerados a representação de um olhar de determinado autor. Geralmente, contam uma história da realidade que não é exatamente um retrato fiel dela. Essas interpretações podem ajudar quem já está se preparando para os vestibulares, porque provocam a análise e reflexão sobre diversos assuntos que poderão ser abordados.

Leia também: Em 48 horas, número de inscritos no Enem já passa de 1,6 milhão

Além das questões sobre atualidades, os documentários podem ajudar na redação de provas como a do Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem ), que, nos últimos anos, tem focado em uma temática social e atual.

Optar por assistir vídeos para enriquecer a redação pode ser uma boa aposta para os vestibulandos que pretendem fugir um pouco dos livros e apostilas, e que querem unir aprendizado e entretenimento.

A coordenadora de redação do Stoodi, startup de educação à distância, Marina Sestito é a favor do uso desses filmes como objeto de estudo, mas faz questão de lembrar que eles ilustram uma situação, porém não confirmam sua existência. “Por esse motivo, na hora da redação é importante aliar o conteúdo assistido com elementos concretos que comprovem as afirmações.”

Confira abaixo a lista de documentários que podem ajudar a ir bem no Enem e em outros vestibulares de acordo com a coordenadora e a instituição:

Começo da vida (2016)

O tema central é a importância dos primeiros anos do indivíduo. O documentário retrata como é a primeira infância de crianças do mundo todo, analisando o desenvolvimento saudável desses indivíduos, as várias realidades dos recém-nascidos e suas famílias, relacionando-as com o nível social de cada um.

A coordenadora de redação destaca que neste filme, o ideal é refletir a partir das referências mostradas. “É suficiente o investimento em políticas públicas apenas para as crianças ou a gente precisa pensar também em dar infraestrutura, condições culturais, sociais e econômicas para família e a sociedade como um todo?”

Pensar no papel social de pais e mães na criação do indivíduo, nas diferenças entre eles, pode ajudar a chegar a algumas resoluções, segundo Marina. Se questionar sobre a influencia que o contexto em que a criança está inserida é outro ponto de partida para expandir a análise do documentário, explica ela.

Para colocar em prática, depois de assistir, é possível treinar a redação partindo dos temas:

  • A mortalidade infantil no contexto brasileiro
  • Déficit habitacional no contexto brasileiro

Ilha das Flores (1989)

Apesar de ter sido produzido há alguns anos, o tema é sempre atual. O documentário narra a situação da Ilha das Flores, localizada a poucos quilômetros de Porto Alegre. Lá, é despejado  o lixo vindo da capital. Esse conteúdo é depositado em um terreno e parte dele é separado para o consumo de porcos, enquanto a outra parte é disputada por pessoas em situação de pobreza.

A desigualdade social e o sistema capitalista podem ser pontos de partida para a reflexão. “Precisamos pensar se é possível ser livre em um contexto de privação material. O que é ser livre quando se vive na miséria?”, indaga a professora.

Temas para treinar a redação:

  • Gestão de resíduos no Brasil
  • Segurança alimentar no Brasil

Pro dia nascer feliz (2007)

Baseado em depoimentos de estudantes de escolas públicas e particulares, que falam sobre seus medos e expectativas no ambiente escolar. A diferença entre as entrevistas podem gerar uma reflexão sobre o que pode influenciar no aprendizado de cada jovem.

“Sobre esse filme, é importante a gente pensar se o sistema educacional brasileiro dá oportunidades iguais para todos os estudantes”, indica Marina. Questionar quem deve ser cobrado pelos problemas educacionais também é um outro ponto a ser investigado.

Temas para treinar a redação:

  • Evasão escolar no Brasil
  • Bullying na sociedade brasileira
  • O histórico desafio de se valorizar o professor

Leia também: Inscrições para o Enem 2017 começam hoje; siga o passo a passo do candidato

A sombra de um delírio verde (2011)

Este documentário retrata o conflito que ocorre na região sul do Mato Grosso do Sul, que o povo indígena sofre para reconquistar seu território. “O conflito gerado pelo ‘delírio da febre do ouro verde’, como é chamada a cana de açúcar, é abordado pelos próprios indígenas que realizam as gravações e selecionam o material. Esse documentário traz a reflexão sobre a questão indígena no Brasil”, explica a educadora.

Temas para treinar a redação:

  • Os impactos do agronegócio no Brasil
  • A invisibilidade da questão indígena no Brasil

O Riso dos Outros (2012)

Abordando um tema bastante atual, o filme mostra o conteúdo dito em shows de comédia e as opiniões dos humoristas, cartunistas e ativistas sobre os limites do humor politicamente correto e os efeitos que uma piada pode ter.

Para pensar sobre os limites do humor, a especialista indaga: “O humor faz a manutenção de preconceito ou ele pode romper com esses preconceitos?”.

Temas para treinar a redação:

  • Discurso de ódio no Brasil
  • Intolerância religiosa no Brasil
  • Racismo na sociedade brasileira
  • Bullying na sociedade brasileira

Leia também: Enem adere novas medidas para reforçar segurança de senhas de candidatos

    Leia tudo sobre: Enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.