Tamanho do texto

Para ter direito ao auxílio, além do Enem, candidato precisa ter feito o ensino médio em escolas da rede pública e ser beneficiário do Bolsa Família

De acordo com o governo, o programa deverá contemplar mil estudantes que se encaixarem nas condições requisitadas
shutterstock/Reprodução
De acordo com o governo, o programa deverá contemplar mil estudantes que se encaixarem nas condições requisitadas

O governo do Ceará divulgou que irá oferecer mil bolsas para alunos de baixa renda que forem aprovados pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A ajuda de custo será de R$ 937, conforme divulgou o governador Camilo Santana, no Centro de Eventos, em Fortaleza, na última quinta-feira.

Leia também: Enem 2017 terá provas em dois domingos; confira todas as mudanças

A iniciativa faz parte do programa Avance – Programa Bolsa Universitário, que contemplará candidatos que obterem média igual ou superior a 560 pontos no Enem . Para Santana, a ideia é apoiar jovens das classes menos favorecidas a ingressarem nas universidades. Com vigência de seis meses, a bolsa servirá como um auxílio para que esses estudantes tenham estabilidade financeira e social.

Além da nota de corte estabelecida, para participar do programa é necessário ser membro de família que recebe auxílio do Programa Bolsa Família, ter concluído o Ensino Médio em rede pública e estar matriculado em algum curso de graduação em instituições credenciadas pelo Ministério da Educação.

Segundo a Secretaria de Educação do Ceará, mil bolsas serão disponibilizadas. As inscrições ainda não têm previsão e devem ser divulgadas pelo órgão em breve.

Leia também: Para evitar fraudes, Enem terá prova personalizada para cada candidato

Inscrições para o Enem começam nesta segunda-feira

Quem vai se candidatar à prova neste ano deve ficar atento ao cronograma do exame. O período de cadastramento vai do próximo dia 8, segunda-feira, até o dia 19 de maio, que cai em uma sexta-feira.

Para se inscrever, é necessário entrar no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), por meio da Página do Participante .

A prova será realizada pela primeira vez em dois domingos, nos dias 5 e 12 de novembro. Sendo no primeiro dia, aplicada as provas de ciências humanas, avaliando as competências da língua portuguesa, literatura e redação.

A taxa de inscrição para a edição do Enem deste ano é de R$ 82 e deve ser paga até dia 24 de maio em qualquer agência bancária nas lotéricas ou Correios. Para concluintes do ensino médio em escola pública no ano de 2017, participantes carentes, declarados no CadÚnico, e, estudantes que se enquadram nas exigências da Lei nº 12.799 a taxa não será cobrada, conforme declarou a presidente do Inep, Maria Inês Fini.

Leia também: Novas regras do Enem são oficialmente divulgadas pelo MEC

    Leia tudo sobre: Enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.