Tamanho do texto

Em Guarulhos, dez grafiteiros desenharam as paredes de todas as salas de aula de uma escola; na capital, colégios também incentivam esse tipo de arte

Guarulhos:  paredes de todas as classes ganharam grafites assinados por artistas conhecidos aqui e fora do Brasil
Divulgação/ E.E. Professora Benedita de Oliveira
Guarulhos: paredes de todas as classes ganharam grafites assinados por artistas conhecidos aqui e fora do Brasil

Alunos da Escola Estadual Professora Benedita de Oliveira, em Guarulhos, tiveram uma surpresa quando chegaram para as aulas após um fim de semana. Isso porque as paredes de todas as classes ganharam grafites assinados por artistas conhecidos aqui e fora do Brasil. A repaginada faz parte do projeto “Back to school” (De volta à escola, em tradução literal), em que grafiteiros retornam às salas com o objetivo de colorir e disseminar a arte entre crianças e jovens. O que se vê é uma verdadeira galeria.

Leia também: Unicamp inclui obras escritas por mulheres na lista de leituras obrigatórias

A parceira é ideia do coordenador pedagógico da escola, Fábio Porto, com o grafiteiro Ricardo Celio, de quem o professor já era fã. Juntos, eles convidaram outros nove artistas, que toparam participar da ação dos grafites sem cobrar nada: Débora Seiva (@auniseiva), Roberto Bieto (@bieto), Felipe Borges (@3visao), Marcio Ficko (@marcioficko), Ricardo Celio Santana (@celio_rcs), Katia Suzue (@katiasuzue), Inea André Coletto (@andre_inea), Hélio Marques (@riskavicia), Albert Lazarini (@albertlazarini) e João Henrique Valério (@jhoaohenr).

“As disciplinas de Arte e Educação Física já trazem no currículo exemplos e discussões sobre as diversas formas de arte e liberdade de expressão. Com o projeto, o assunto foi ampliado. Os alunos também tiveram a chance de produzir seus próprios trabalhos. No ano passado, eles grafitaram placas de madeira”, conta a diretora da escola, professora Fernanda Canossa.

Repaginada faz parte do projeto “Back to school” (De volta à escola), em que grafiteiros retornam às salas de aula
Divulgação/ E.E. Professora Benedita de Oliveira
Repaginada faz parte do projeto “Back to school” (De volta à escola), em que grafiteiros retornam às salas de aula

Leia também: Primeiro dia de Enem terá redação e prova de português

Estudantes têm espaço para criação

Assim como na unidade em Guarulhos, os alunos da Escola Estadual Doutor Alberto Cardoso de Mello Neto, na capital, também podem criar os próprios desenhos. Sempre às quartas-feiras, eles participam de oficinas em parceria com a Fundação Gol de Letra. Um dos trabalhos é o do banheiro feminino, que recebeu novas cores e ilustrações após debates sobre o papel da mulher e igualdade de gênero.

Leia também: Ministério da Educação descredencia 32 instituições de educação superior

Quem também está aprendendo a utilizar sprays e tintas são os alunos da Escola Estadual José Geraldo de Lima, unidade de tempo integral. Por lá, o estilo virou disciplina eletiva com ajuda do grafiteiro Ferrugem. Em junho, no encerramento do semestre letivo, o pátio da escola terá um grande mural com os grafites. O tema ainda está sendo definido pelos estudantes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.