undefined
Divulgação/E.E. Brasílio Machado
Escolha da receita de ovos de Páscoa e a utilização nas aulas de matemática foi feita junto com os alunos

Quanto custa um ovo de Páscoa ? E como eles são feitos? Se para a maioria dos adultos essas perguntas parecem fáceis de se responder, o mesmo não acontece quando o questionamento é direcionado a crianças com idades entre 7 e 10 anos. 

Aproveitando as vésperas do feriado de Páscoa , no entanto, professores da Escola Estadual Brasílio Machado, localizada na região da Vila Mariana, na zona sul da capital paulista, decidiram promover aulas baseadas em atividades em torno dos ovos de chocolate.

Cerca de 300 alunos da escola puderam confeccionar suas próprias guloseimas e, com isso, aprender um pouco mais sobre matemática e educação financeira, calculando quanto vale cada um dos quitutes.

O custo da barra de chocolate, o valor de cada ingrediente e o trabalho final de confecção dos ovos foram trabalhados desde o início do mês, segundo informou a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Com o auxílio de notas fiscais, os alunos compararam o preço dos ovos, dos ingredientes e estão aprendendo desde cedo o quanto é custoso para as famílias agradarem os pequenos.

“Decidimos este ano celebrar a Páscoa de forma diferente. Ao invés apenas da construção de ovos de chocolate, queremos incitar nos estudantes o raciocínio matemático, para que calculem valores, custos e benefícios na construção dos coelhos de chocolate“ explicou a diretora da escola, Simone Santoro Romano, em entrevista à Secretaria da Educação.

Leia também: Aluna de escola pública do interior de SP é premiada em concurso da Nasa

Incentivo ao protagonismo

A Escola Estadual Brasílio Machado busca utilizar o protagonismo para decidir suas disciplinas e ações. Nesse caso não foi diferente: a escolha da receita de Páscoa e a utilização nas aulas de matemática foi feita junto com os alunos, que votaram em assembleias e optaram pela confecção. O hábito de realizar assembleias com cada um dos representantes de sala, em conjunto com outros estudantes, é uma das marcas da escola da Vila Mariana. As reuniões são utilizadas para discutir questões a respeito do cotidiano escolar.

Leia também: Professora usa mágica em sala de aula e melhora aprendizado em escola pública

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários