Tamanho do texto

Estudantes podem se inscrever até a próxima sexta-feira; mais cedo, candidatos que fizeram a segunda aplicação do Enem relataram dificuldades

Candidatos têm encontrado dificuldade para acessar o site do Sisu
Reprodução/Sisu
Candidatos têm encontrado dificuldade para acessar o site do Sisu

As incrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começaram nesta terça-feira (24) e, até as 13 horas, 773.341 estudantes já estavam inscritos. Ao todo, até o mesmo horário, foram feitas 1.483.554 inscrições, sendo que cada candidato pode escolher até duas opções de curso, o que consta como mais uma inscrição no sistema.

LEIA MAIS: Tudo sobre o Enem no iG

O Sisu seleciona os estudantes com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Mais cedo, ainda nesta terça, candidatos que participaram da segunda aplicação do exame, em dezembro do ano passado, relataram dificuldades para acessar o sistema do Sisu.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), todas as dificuldades de acesso relatadas estão sendo sanadas. Também foram identificados cerca de 700 candidatos cujas notas na base de dados do Enem registravam participação na primeira e também na segunda aplicação do exame. Essas inconsistências já foram corrigidas, segundo o MEC

Os candidatos poderão se inscrever até sexta-feira (27). Ao todo, são 238.397 vagas em 131 instituições públicas, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Para participar do processo, o estudante só não pode ter tirado nota zero na redação do exame.

LEIA MAIS: Candidatos que fizeram a segunda aplicação do Enem relatam problemas no Sisu

Ao todo, mais de 6,1 milhões fizeram o Enem em 2016. Porém, mais de 880 mil participantes realizaram o exame apenas para autoavaliação (como de fossem "treineiros") e 140.294 receberam nota zero na redação. Logo, esses participantes não estão incluídos na base de dados do Sisu.

O resultado será divulgado no dia 30. O período de matrícula será de 3 a 7 de fevereiro. Os candidatos que não forem selecionados na chamada regular poderão participar da lista de espera, entre 30 de janeiro e 10 de fevereiro. Esses candidatos serão convocados a partir do dia 16 de fevereiro, caso haja vagas remanescentes.

Nota de corte

Após a abertura das inscrições, são divulgadas uma vez por dia ao notas de corte de cada um dos cursos, tanto pelo sistema universal quanto pelo sistema de cotas.

O candidato também pode consultar, em seu boletim, a classificação parcial na opção de curso escolhido. Ao final do período de inscrição, é divulgada a lista de selecionados. No boletim de acompanhamento, o candidato pode consultar sua classificação e o resultado final. Ao longo do período de inscrição, o candidato pode mudar as opções de curso.

LEIA MAIS: Começam hoje as inscrições para as vagas do primeiro semestre de 2017 pelo Sisu

O Ministério da Educação ressalta que tanto a classificação parcial quanto a nota de corte são calculadas a partir das notas dos estudantes inscritos na mesma opção. Portanto, são apenas uma referência, não sendo garantia de seleção para a vaga ofertada.

* Com informações da Agência Brasil.

    Leia tudo sobre: ENEM