Dino

A China prometeu, na quarta-feira, expandir ao máximo a abertura total de sua economia na ocasião uma grande reunião que marcou o 40º aniversário da criação da Zona Econômica Especial (ZEE) de Shenzhen nesta cidade em expansão no sul da província de Guangdong.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20201015005414/pt/

Em 26 de agosto de 1980, a legislatura nacional da China aprovou o estabelecimento de zonas econômicas especiais em Shenzhen, Zhuhai e Shantou na província de Guangdong e Xiamen na província de Fujian. Nas últimas quatro décadas, Shenzhen foi transformada de uma pequena vila de pescadores em uma metrópole moderna com uma população permanente de mais de 13 milhões.

Leia o artigo aqui .

"A economia mundial está enfrentando atualmente desafios complicados. De forma alguma devemos ser impedidos pelas tendências e marés inversas. Devemos escolher o lado certo da história para expandir firmemente a abertura de uma forma abrangente e promover a construção de uma economia mundial aberta e a construção de uma comunidade com um futuro comum para a humanidade", disse o presidente chinês Xi Jinping ao encontro.

Em uma época em que a recuperação econômica global foi comprometida pelo sentimento pandêmico e antiglobalização da COVID-19, a China, em maio deste ano, apresentou um novo padrão de desenvolvimento. Conhecida como "dupla circulação", considera o mercado interno como o principal, enquanto permite que os mercados interno e externo se promovam mutuamente.

"O novo padrão de desenvolvimento não é uma circulação interna fechada, mas uma dupla circulação interna e internacional aberta", ressaltou Xi no discurso, que também é secretário geral do Comitê Central do Partido Comunista da China e presidente da Comissão Militar Central.

Ele destacou a necessidade de explorar um sistema político mais flexível e um sistema de gestão mais científico no comércio interno e internacional, investimento e financiamento, assuntos fiscais e tributários, inovação financeira e entrada e saída de fronteiras.

Shenzhen, um milagre no desenvolvimento mundial

Shenzhen é uma nova cidade criada pelo PCC e pelo povo chinês desde a reforma e abertura do país e seu desenvolvimento nos últimos 40 anos é um milagre na história mundial do desenvolvimento, disse Xi.

De 1980 a 2019, o PIB de Shenzhen aumentou de 270 milhões de yuan para 2,7 trilhões de yuan (US$ 40 milhões para US$ 400 bilhões), com uma taxa média de crescimento anual de 20,7%, de acordo com Xi.

A receita fiscal também aumentou de menos de 100 milhões de yuan para 942,4 bilhões de yuan (US$ 14,9 milhões para US$ 139,8 bilhões) durante o período.

As importações e exportações totais subiram de US$ 18 milhões em 1980 para US$ 431,5 bilhões em 2019, uma taxa média de crescimento anual de 26,1%, contribuindo para uma abertura total, resumiu Xi.

Os meios de subsistência das pessoas também melhoraram muito em Shenzhen, com enormes avanços na educação, cuidados médicos, habitação e outras áreas. A renda disponível per capita disparou para 62.500 yuan (US$ 9.272) em 2019, um crescimento de 31,6 vezes superior ao ano de 1985.

Experiência valiosa

Xi enfatizou a valiosa experiência dos milagres de desenvolvimento das zonas econômicas especiais (ZEEs), incluindo Shenzhen.

Apresentamos a seguir alguns dos conselhos oferecidos pelo presidente:

-- aderir ao conceito de que o desenvolvimento é de suma importância, insistir nas práticas de ousadia para tentar ser o primeiro, e buscar avanços de reforma através de pensamentos criativos.

-- manter o compromisso de abertura em todas as frentes e aumentar continuamente a atratividade de "trazer" e a competitividade de "sair".

-- incentivar a inovação como a principal força motriz e ganhar a liderança na revolução tecnológica global e na transformação industrial.

-- seguir a filosofia de desenvolvimento centrada nas pessoas para permitir que as pessoas se beneficiem mais das conquistas da reforma e do desenvolvimento de uma forma mais justa.

-- assegurar legislação científica, aplicação rigorosa da lei, imparcialidade judicial e cumprimento da lei universal para fazer do Estado de Direito uma garantia importante para o desenvolvimento das ZEEs.

-- aplicar a filosofia de "águas claras e montanhas exuberantes são bens inestimáveis" para alcançar o desenvolvimento sustentado da economia e da sociedade, bem como da ecologia e do meio ambiente, de forma abrangente e coordenada.

-- implementar o princípio fundamental de "Um país, dois sistemas" de forma abrangente e precisa, e promover o desenvolvimento integrado do continente, Hong Kong e Macau.

-- dar plena expressão ao papel líder e exemplar das ZEEs na elaboração dos planos globais para o país, para que elas possam contribuir mais para o desenvolvimento nacional.

'Motor' para a área da grande baia de Guangdong-Hong Kong-Macau

Ao aclamar Shenzhen como um "motor" para o desenvolvimento da Área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau (GBA), Xi pediu a Shenzhen para tomar medidas ativas para promover ainda mais a construção da área e pediu esforços para harmonizar as regras e mecanismos econômicos nas três regiões.

A Iniciativa GBA foi mencionada pela primeira vez no 13º Plano Quinquenal da China (2016-2020) e visa combinar as três regiões a fim de transformá-la em uma das principais áreas da baía do mundo e em aglomerados urbanos de classe mundial.

A área abrange as regiões administrativas especiais (RAE) de Hong Kong e Macau, bem como as cidades de Guangzhou, Shenzhen, Zhuhai, Dongguan, Huizhou, Zhongshan, Foshan, Zhaoqing e Jiangmen na província de Guangdong, no sul da China.

Os governos locais precisam construir ferrovias regionais, permitindo que talentos e mercadorias circulem entre a área de forma mais eficiente, o que melhorará a integração do mercado, disse Xi.

O país vai aprofundar a reforma e a abertura da zona de cooperação piloto Qianhai-Shenzhen-Hong Kong e acelerar a construção de um centro científico nacional abrangente na GBA para melhorar a coordenação e a cooperação com Hong Kong e Macau.

A plataforma da GBA deve ser plenamente utilizada para atrair mais jovens talentos de Hong Kong e Macau para viràregião estudar, trabalhar e construir uma vida, proporcionando a eles um nível mais profundo e amplo de comunicação e compreensão mútua, continuou o presidente.

Xi acolheu uma maior participação dos países estrangeiros na reforma, abertura e desenvolvimento das zonas econômicas especiais da China.

Ele disse que a participação estrangeira tem sido indispensável na construção das zonas econômicas nos últimos 40 anos, ajudando na criação de vastas oportunidades de desenvolvimento e oferecendo benefícios de desenvolvimento para os países estrangeiros.

Shenzhen, o melhor exemplo para a necessidade de maior abertura: especialistas

A reforma contínua e uma maior abertura foram os principais termos no discurso do Presidente Xi no grande encontro, ou como alguns especialistas assinalaram, a cidade do sul da China é o melhor exemplo ilustrativo da necessidade de uma maior abertura.

"Na condição de primeira zona econômica especial da China e através do lançamento de um esquema orientado pelo mercado que apoiou a atração de um grande número de investimentos estrangeiros, a cidade tornou-se fundamental para tornar a China um influente participante na economia global de hoje", comentou Matteo Giovannini , profissional de finanças sediado em Pequim.

A cidade é o local de várias empresas líderes em tecnologia chinesa, incluindo a gigante de telecomunicações Huawei e o conglomerado tecnológico Tencent, duas das principais empresas que os EUA têm pressionado nas relações entre a China e os EUA, que tem se agravado recentemente. Alguns dizem que a viagem do Presidente Xi "acalma os nervos deles".

"A visita de Xi a Shenzhen e a apresentação do plano visam incentivar o desenvolvimento da indústria tecnológica", disse Dan Wang, economista-chefe do Hang Seng Bank, ao South China Morning Post.

Segundo Giovannini, a viagem também ilumina a contínua determinação da China em abrir seus braços para a comunidade internacional.

"(Sua viagem) representa uma oportunidade para enfatizar o compromisso ininterrupto da China com uma maior integração interna e abertura do mercado para o resto do mundo", disse ele.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Videos:
https://mms.businesswire.com/media/20201015005414/pt/830211/19/Shenzhen+SEZ%27s+40th+anniversary.mp4
Contato:

Mídia:

Jiang Simin

jiang.simin@cgtn.com

+86 18826553286


Fonte: BUSINESS WIRE

    Veja Também

      Mostrar mais