Dino

O ser humano passa cerca de um terço da sua vida em cima de um colchão, dormir é uma necessidade fisiológica dos seres humanos. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos revelou a importância do sono. A rotina de insônia afeta pelo menos um terço da população mundial.

No Brasil, segundo o Instituto Brasileiro do Sono, a insônia atinge aproximadamente 4 a cada 10 brasileiros, aproximadamente 40% da população brasileira sofre com algum distúrbio de sono.

Estudos recentes revelam que o sono é um fator importante e está diretamente ligado a aprendizagem. Existe uma ligação direta e positiva entre a qualidade do sono com a capacidade de aprender, memorizar e raciocinar.

A psicóloga Jo Abbot, da Universidade Tecnológica de Swinburne, na Austrália, defende que o sono é tão importante e que sua falta pode causar um ou mais dos seguintes sintomas: aumento do risco de acidente vascular cerebral, aumento do índice de massa corporal, maior probabilidade de obesidade, aumento do risco de diabetes e problemas cardíacos, maior risco de problemas psiquiátricos, problemas de memória, sistema imunológico enfraquecido, menor tempo de atenção e menor tempo de reação.

A escolha do colchão pode interferir a maneira de agir no dia a dia. Priorizar por um colchão que garanta sonos mais eficazes para o descanso é fundamental para que a vida se torne mais agradável. Um exemplo disso são os colchões magnéticos, que possuem uma estrutura com pequenas elevações, onde estão localizados os imãs que garantem maior bem-estar para seu corpo e possibilitam uma massagem constante, relaxando e aprofundando seu sono.

O colchão magnético ganhou popularidade por apresentar procedimentos terapêuticos para a saúde e por melhorar a qualidade do sono. Contudo, surge a dúvida: vale realmente investir em um colchão magnético?

O colchão magnético é um modelo de colchão com uma tecnologia diferenciada que usa a magnetização. Visivelmente, não se diferem dos demais colchões. Possui uma camada de espuma de alta qualidade e conforto. Mas, em seu interior, há aplicações de ímãs que fazem um campo magnético de mais ou menos 800 Gauss de força. Esses ímãs ficam fixados nas cavidades de uma espuma Perfilado High Tech System, essa elevação da espuma favorece uma automassagem relaxante. 

Em resumo, os colchões magnéticos provocam impulsos elétricos que ativam a circulação sanguínea, favorecendo maior entrada de oxigênio ao sangue e purificando-o, com isso, o equilíbrio energético do organismo se restabelece. 

Os colchões magnéticos podem ser considerados uma terapia magnética para o corpo, já que o pequeno campo elétrico criado pelo magnetismo do colchão aumenta a circulação do sangue, diminuindo possíveis dores e inchaços. Porém, o colchão magnético não faz milagre, ele pode ajudar a melhorar o sono e auxiliar em alguns pontos da saúde, como dores de coluna e na região lombar, previne varizes, câimbras, tensões e dores musculares e além de favorecer a desintoxicação do organismo. 

Esses benefícios foram comprovados por pesquisa científicas no Journal of Back and Musculoskeletal Rehabilitation e é por isso que vale a pena apostar no uso destes colchões. 

Atenção na hora de escolher um colchão magnético

Os colchões magnéticos originais permitem a passagem do ar e da água, tornando-o mais resistente. Além deste detalhe, os colchões magnéticos devem ser, como todo bom colchão, antialérgicos e antifúngicos. Mas tudo isso deve estar aliado à escolha ideal dentre os diversos tipos comercializados no mercado. 

Para não ser enganado, o ideal é procurar por seu colchão magnético em lojas especializadas, como a Sonoher . Lojas como essa trazem mais orientações quanto a escolha do colchão ideal, além de ter a qualidade certificada do produto. 

Nenhum colchão magnético faz milagres, porém, pode sim interferir positivamente na qualidade de vida. Mudar o colchão pode trazer uma vida mais saudável e tranquila. 

Para mais informações sobre colchão magnético e para ter acesso a mais conteúdo, basta acessar o site: www.sonoher.com.br



Website: http://www.sonoher.com.br

    Veja Também

      Mostrar mais