MEI em atraso. Como regularizar?
Reprodução: Reclamar adianta
MEI em atraso. Como regularizar?

"Para começar em um trabalho temporário como PJ precisei abrir uma MEI. Após o fim do contrato me esqueci de dar baixa e quando fui ver no site estava com uma dívida de mais de R$ 2.000,00, pois não paguei o DAS mensalmente. Consigo quitar a dívida com algum desconto?"  Marcos Antônio, Cachambi

O consultor tributário Francisco Arrighi explica que as impostos devidos pelo Micro Empreendedor Individual (MEI) independem de ter ou não faturamento. Desta forma, manter uma empresa MEI esquecida, sem movimento, pode ser uma grande dor de cabeça, pois em média se acumulam R$ 81,00 mensais. Além do valor principal, temos ainda os acréscimos de multas, juros e correção monetária que serão aplicados mensalmente.

Os débitos contraídos pelo nosso leitor Marcos podem ser parcelados em até 60 vezes ou pagos à vista, sem desconto, enquanto estiverem em cobrança na Receita Federal do Brasil.

Parte dos débitos que forem para a Dívida Ativa podem ser também parcelados ou pagos à vista, porém há possibilidade de descontos de multas juros e encargos, que podem chegar até a 70%. O prazo para adesão a este parcelamento vai até 31 de fevereiro, salienta advogado Átila Nunes do serviço www.reclamaradianta.com.br. O atendimento é gratuito pelo e-mail jurídico@reclamaradianta.com.br ou pelo WhatsApp (21) 99328-9328.

Casos resolvidos pela equipe do Reclamar Adianta (WhatsApp: 21-99328-9328 - somente para mensagens): Moacir Vilette (TIM), Ivone Pereira (Vivo), Talles Bragança (Riachuelo).

    Mais Recentes

      Comentários

      Clique aqui e deixe seu comentário!