Juros do consignado. Consigo reduzir?
Reprodução: Reclamar adianta
Juros do consignado. Consigo reduzir?

Durante os últimos 2 anos fiz alguns empréstimos consignados. Hoje, tenho 82 parcelas para pagar no valor de R$1.142,00, cada uma. Fiz uma conta básica e estou pagando quase 30 mil só de juros. Gostaria de saber se é possível baixar os juros e reduzir o número de parcelas. (Antônio Vasques, Copacabana).
Apesar de muitos acharem que é fácil, a revisão de juros é algo muito raro de ser aceita, e só ocorre judicialmente em casos bem específicos. Segundo o advogado Mateus Terra, especialista em Direito do Consumidor, a Justiça entende que os bancos têm liberdade de cobrar juros, desde que não seja um percentual considerado fora da realidade do mercado, e desde que tenha havido informação ao consumidor sobre o percentual de juros a ser cobrado.
“Se os juros estão dentro do cobrado para outros consumidores, e se foram informados no momento da contratação, não há medida judicial para abaixar o tempo dos empréstimos ou seus juros”, pontua Mateus Terra.
Vale lembrar que é possível antecipar o pagamento das últimas parcelas. Fazendo isso, o banco é obrigado a descontar os juros das parcelas, e assim o consumidor consegue reduzir o tempo pagando muito menos, esclarece o advogado Átila Nunes, do serviço www. reclamar adianta com br. O atendimento é gratuito pelo e-mail atilanunes @ reclamar adianta . com . br ou pelo WhatsApp (21) 993289328.

Casos Resolvidos: Daniel Pereira (Drogaria Pacheco), Leônidas Buarque (Banco do Brasil), Alexandre Vasconcelos (Casas Bahia)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários