Perícia psicológica na separação
Reprodução: Reclamar adianta
Perícia psicológica na separação

"Estou em processo de separação e tenho dois filhos menores, de 5 e 7 anos. Meu marido tem sérios problemas emocionais. Como posso recorrer a uma perícia psicológica em Vara de Família?" (Marina Silva, Angra dos Reis, RJ).

O pedido de perícia psicológica é feito pelo juiz, que poderá solicitar o laudo por iniciativa própria ou levando em consideração a sugestão de um dos advogados das partes (ou ambos) ou do Ministério Público. Segundo a psicanalista e perita Renata Bento, trata-se de um exame minucioso que se desenvolve através da investigação clínica da personalidade e da dinâmica familiar.

A especialista esclarece que a perícia psicológica buscará iluminar alguns pontos ao magistrado, como por exemplo, os riscos para o desenvolvimento psíquico dos filhos do casal (criança ou adolescente) além de traços da personalidade dos pais ou comportamentos inadequados que possam oferecer riscos psíquicos à criança, assegurando que o melhor interesse da criança seja prioridade.

“O estudo psicológico é a forma para entender o conflito para que a decisão judicial não seja tomada tão somente baseada em leis”, salienta o coordenador do serviço www reclamar adianta com br, advogado Átila Nunes.
Receba orientação gratuita no site do Reclamar Adianta.

Casos Resolvidos: Gisele Nascimento (B6 Bank), Solange Cláudia (BMG), Eunice Costa (Oi).

Fale com nossos advogados: [email protected]
WhatsApp: (21) 99328-9328

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários