Sofri o golpe do aluguel. E agora?
Reprodução: Reclamar adianta
Sofri o golpe do aluguel. E agora?

"Fechei um contrato de aluguel através de um aplicativo especializado em locação. Eu fiz o depósito antecipado e a pessoa simplesmente desapareceu. O que devo fazer? Fui à delegacia, mas não consigo reaver meu dinheiro e nem localizar essa pessoa" (Ana Maria Robeiro, Méier, Rio).

A primeira dica para quem pretende alugar um imóvel é nunca feche o negócio antes de fazer uma visita. O advogado Paulo Klein ressalta que se não for possível visitar o local pessoalmente, peça ajuda a alguém de sua confiança e busque o máximo de informações possíveis antes de efetuar qualquer pagamento. Importante: desconfie principalmente de valores abaixo do mercado e grandes facilidades.

O advogado recomenda que seja feita uma busca na internet para verificar se aquela pessoa ou aplicativo que está anunciando o aluguel de imóveis já tem um histórico, positivo ou negativo. A pesquisa pode ajudar a encontrar relatos de pessoas que já caíram no mesmo golpe, pois muitas vítimas criam alertas nas redes sociais. “É importante tomar todos os cuidados, pois se for fraude e o consumidor efetuar o pagamento, é praticamente impossível reaver o dinheiro”, alerta o advogado Paulo Klein.

Leia Também

De todo modo, é aconselhável sempre registrar o caso na Delegacia de Polícia, para que o criminoso seja identificados. “Com a identificação dos responsáveis pelo golpe, abre-se a possibilidade de que a vítima receba o dinheiro tomado pelos golpistas de volta”, salienta o coordenador do serviço www.reclamaradianta.com.br, advogado Átila Nunes. Receba orientação gratuita no site do Reclamar Adianta.

Casos Resolvidos: Conceição Kochen (Amil), Jefferson Moreira (Banco Bradesco), Rosa Maria Bechara (UOL).

Fale com nossos advogados: [email protected]
WhatsApp: (21) 99328-9328

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários