Apenas 2,8% dos estudantes da Universidade Federal de Goiás (UFG) têm renda familiar bruta per capita acima de R$ 6 mil por mês, segundo a última Pesquisa do Perfil Socioeconômico e Cultural dos Estudantes de Graduação, realizada pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e entregue ao Ministério da Educação (MEC). O levantamento aponta também que 17,3% dos estudantes da UFG vivem em casas onde os moradores têm renda individual entre 1,5 e três salários mínimos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários