Marcelo Delaroli integrou a equipe da Casa Civil do Governo Jair Bolsonaro, em Brasília
Divulgação/Ascom
Marcelo Delaroli integrou a equipe da Casa Civil do Governo Jair Bolsonaro, em Brasília

O prefeito de Itaboraí, Marcelo Delaroli (PL), que no início do Governo Bolsonaro integrou a equipe do ministro Onyx Lorenzoni, foi eleito o novo presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Leste Fluminense (Conleste) para o biênio 2021-2022. "Minha prioridade será conhecer de perto as necessidades de cada município e também de toda região do Conleste. Além de trabalhar em parcerias pela retomada das obras do GásLub, buscar incentivar a agricultura familiar e investimentos para o ecoturismo na região do Leste Fluminense", disse ele. Delaroli prometeu "promover uma unidade saudável entre os prefeitos".

Investimentos

"Assim como buscamos recursos para Itaboraí, vamos buscar para todas as outras 15 cidades, sejam eles estaduais ou federais. Tenho certeza que eles virão e vão ser de extrema importância nesta transformação”, comentou o novo presidente do Conleste. Para completar a chapa, o prefeito da cidade de Teresópolis, Vinicius Claussen, foi eleito como vice-presidente. Além deles, foram eleitos também os membros do Conselho Fiscal: Marina Rocha (Guapimirim), Rafael Miranda (Cachoeiras de Macacu) e Ramon Gidalte (Casimiro de Abreu). Além disso, Axel Grael, de Niterói, e Rodrigo Medeiros, de Tanguá, estarão à frente da agência de desenvolvimento do Conleste, a AdLeste.

Pente fino em Macaé

O secretário estadual de Fazenda, Guilherme Mercês, vistoriou as instalações do Posto Fiscal de Atendimento da Secretaria no Macaé. O objetivo foi ouvir as demandas das equipes de fiscalização para melhorias no trabalho. "Esse trabalho visa melhorar cada vez mais as ações de fiscalização e de combate à sonegação e faz parte do programa 'Na mira da Receita Estadual' ", afirma Mercês.

Sintonia fina

Meses depois de assumir a suplência na Alerj, Sergio Fernandes tem mostrado muita afinidade com o titular Thiago Pampolha, que se tornou secretário do Meio Ambiente. Ele apresentou projeto de lei proibindo a compra de copos descartáveis em eventos do Estado e a implementação de educação ambiental nas escolas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários