Riotur
Estefan Radovicz / Agência O Dia
Daniela Maia, presidente da Riotur

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, não quer brigar com ninguém. Mesmo com Marcelo Crivella, Paes tem recomendado aos auxiliares olhar para frente para não perder tempo com "questões menores" que envolvam o seu antecessor. No microcosmo, ele tem feito manobras que visam agradar pessoalmente os personagens envolvidos. "O prefeito é profissional da política e a melhor maneira que ele encontrou é adoçar a boca dos pais, tratando bem os filhos", disse um amigo de longa data. Paes adota o estilo republicano com os parentes dos adversários e aliados.

MÃO ESTENDIDA

Emanuel Dias de Alencar, filho do vereador Chico Alencar (PSOL), foi nomeado assessor de Sustentabilidade e Transparência da Secretaria de Meio Ambiente do governo municipal. A filha do ex-prefeito César Maia e irmã gêmea do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, Daniela Maia, vai cuidar do Carnaval e da agenda de eventos da cidade, e, para isso, foi alojada na presidência da Riotur. O filho do primeiro casamento do governador afastado Wilson Witzel, Erick, foi renomeado assistente na Coordenadoria de Diversidade Sexual. A nomeação de Stephanie dos Santos Pazuello, para cargo em comissão na Secretaria Municipal de Saúde é outro aceno, desta vez para o pai dela, ministro da Saúde de Bolsonaro. Outro sobrenome ilustre é o do deputado estadual Jorge Felippe Neto (PSD). O titular da Secretaria municipal de Trabalho e Renda é neto do mais longevo e poderoso presidente que a Câmara de Vereadores já conheceu: Jorge Felippe.

Saída de Aloysio Neves

No apagar das luzes de 2020, o TCE-RJ deu continuidade ao processo de aposentadoria de um dos conselheiros afastados na Operação Quinto do Ouro, Aloysio Neves. A decisão atende a mandado de segurança expedido pelo Tribunal de Justiça. Um dos desdobramentos da Lava-Jato no Rio, a operação afastou, em 2017, cinco conselheiros do TCE-RJ, incluindo Neves, à época presidente do órgão, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Angra exige boa estrada

Há cerca de um mês, o prefeito de Angra, Fernando Jordão, ao lado do senador Flávio Bolsonaro e do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, lançaram a pedra fundamental das obras de aumento do aeroporto local. Só que, apesar de toda essa demonstração de prestígio federal, a estrada que liga o Rio ao município nunca esteve tão abandonada, com milhares de buracos, provocando acidentes graves.

IML: solução em andamento

O processo de liberação de corpos no IML do Rio está lento. O Instituto Félix Pacheco não consegue realizar o trabalho de identificação papiloscópica (por impressão digital). A causa de todo o problema seriam os atrasos nos pagamentos dos fornecedores do Detran. Procurada, a empresa informa que "desde outubro a atual diretoria iniciou uma análise dos contratos para regularizar a situação de prestação de serviço. Entre eles está o do Sistema Estadual de Identificação. Já há uma licitação em curso para regularizar o contrato, mas o atendimento não foi paralisado pela atual prestadora".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários