Messina
Luciano Belford/Agencia O Dia
Paulo Messina ficou em 7º lugar nas eleições municipais do Rio

Em mensagem especial à coluna, o vereador Paulo Messina fala do seu futuro sem mandato: "Eu fui e serei fiel aos meus princípios, e me orgulho muito disso. Mas nunca fui testado tanto quanto nesses últimos três anos. Eu fui convidado para ter o maior cargo de nomeação dentro da Prefeitura, a Casa Civil, a fim de organizar as contas em 2018. Cumpri essa missão. Organizamos as finanças. Mas quando Crivella começou a desestabilizar tudo e fazer coisas com que não concordava, abri mão do poder que tinha e para me manter fiel aos meus princípios. Continuei denunciando os erros que levariam - e levaram! - a Prefeitura à falência em 2019.

"Saio das eleições sem meu mandato na Câmara. Mas com a certeza já provada que não hesitei por um momento em fazer o que meu coração pedia, pelo bem público.

"Por isso, saio mais fortalecido do que nunca. Saí maior e com mais força para fiscalizar a Prefeitura, pelas redes sociais, e agora uma parcela maior da população ouvirá. Aprendi que vale a pena lutar pelo que se acredita. A vitória é certa, qualquer que seja o resultado final das urnas.

"Agora é fortalecer ainda mais as redes de comunicação e fiscalizar milimetricamente a Prefeitura, dando transparência ao povo de todos os acertos e erros do futuro governo.

"E fortalecer a militância do Partido, que seguiu com o Eduardo Paes para o DEM. Recriar o espírito do MDB na capital, com os valores originais históricos que o fizeram grande, desde a época de Ulysses Guimarães".

ELEIÇÕES 2020

No pleito deste ano à Prefeitura do Rio, Messina ficou em 7º lugar, com 2,93% dos votos, ou seja, 77.093 eleitores votaram nele. O vereador ficou atrás de Eduardo Paes e Marcelo Crivella, que disputam o segundo turno, Martha Rocha, Benedita da Silva, Luiz Lima e Renata Souza.

O namoro PT e PDT

O PDT vai retribuir o apoio recebido pelo PT que acabou elegendo José Bonifácio, em Cabo Frio, e cerrando fileiras em torno do candidato Dimas Gadelha e de seu vice Marlos Costa, em São Gonçalo. A chapa parte de 31,36% dos votos conquistados no primeiro turno e enfrenta Capitão Nelson (Avante) e Sergio Gevu (PL), que receberam 22,82% dos votos.

Cerco ao racismo

O Ministério Público Federal convidará a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), entidades representativas dos três setores, e também especialistas e representantes de organizações do movimento negro para discutir a adoção de medidas de prevenção à violência e à discriminação racial.

Manifesto de profissionais da saúde

Circula entre profissionais da área médica um manifesto que pede ao futuro prefeito do Rio que assuma compromissos que garantam às mulheres portadoras de câncer de mama já diagnosticado o acesso ao tratamento no máximo em 60 dias após o exame realizado.

O fisco do IPTU baixo

Economistas que estudam a planilha do IPTU na cidade do Rio alertam que o imposto atualmente cobrado em média ainda é baixo. Fora isso, tem uma quantidade enorme de imóveis ainda com isenção.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários