Presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Humberto Martins
Agência Brasil
Presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Humberto Martins

Membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia, o presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Humberto Martins, é mais um que continua no páreo caso o AGU André Mendonça não consiga apoio suficiente dos senadores na sabatina para ser alçado a ministro do Supremo Tribunal Federal. 

Em entrevista recente ao Programa Brasil 200, da TV Escola, o ministro Martins fez questão de lembrar que é evangélico decano – embora não tenha citado o ‘terrivelmente’, como gosta o presidente Jair Bolsonaro. 

Quem defende a indicação de Martins para o STF – para esta ou outra futura vaga, caso Bolsonaro se reeleja presidente – lança mão do discurso de que o chefe da nação se cacifaria duplamente, indicando um ministro para o STJ na esteira.

Entre portas, por onde passa em Brasília, Martins reforça que, apesar de alagoano, não tem ligação com o desafeto do presidente, senador Renan Calheiros. São só conhecidos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários