Shopping centers
Reprodução
Shopping centers

As ações de shopping centers no Brasil entraram ontem no segundo dia consecutivo de forte queda por causa do texto da reforma tributária. 

Há um parágrafo que atinge em cheio os ganhos do setor – que desde ano passado, com as restrições de comércio impostas pela pandemia, já não paga bons dividendos a acionistas.

O texto dá um golpe no lucro do setor imobiliário, predominante no modelo dos shoppings com aluguel de lojas. Em suma, muda a tributação sobre lucro presumido para as empresas que têm mais de 50% de suas receitas oriundas de aluguel. 

Se passar assim, o imposto pulará de 19% para 29% sobre o lucro antes de tributos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários