Presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux
Agência Brasil
Presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, quer priorizar no segundo semestre o julgamento de ações penais. Casos criminais estavam parados na Corte. Autoridades que estão com ações penais paradas vão ver detonados os processos.

Com foco nas ações penais, temas econômicos com grandes impactos para os cofres públicos – como o reajuste do FGTS – devem ficar pro ano que vem.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários