Dinheiro
Agência Brasil
Dinheiro

Um ano após o início da pandemia do Covid-19, os títulos de capitalização da modalidade Filantropia Premiável já renderam a entidades R$ 335,5 milhões, somente no primeiro trimestre do ano, um aumento de 54,6% em repasses na comparação com o mesmo período do ano passado. 

Os dados são da Federação Nacional de Capitalização (FenaCap). Entre as entidades favorecidas pelos recursos dos títulos de capitalização estão as unidades da AACD e das APAEs em todo o País e o Hospital do Amor, em Barretos (SP).

Segundo a FenaCap, a receita do mercado cresceu 3,3%, em comparação ao mesmo período de 2020, alcançando R$ 5,8 bilhões. “As reservas técnicas – compostas pelos recursos de clientes com títulos de capitalização ativos – apresentaram alta de 5,8%, alcançando R$ 32,5 bilhões. Os resgates aumentaram 1%, totalizando R$ 4,9 bilhões”, cita a Federação. 


“Esses indicadores sinalizam que o consumidor continua cauteloso e constituindo reservas financeiras, seja para realização de planos futuros, seja para fazer frente a situações inesperadas, uma vez que o cenário ainda apresenta muitas incertezas”, avalia Marcelo Farinha, presidente da FenaCap. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários