Presidente do Sescon-SP, Reynaldo Lima Jr
Reprodução
Presidente do Sescon-SP, Reynaldo Lima Jr

As linhas de crédito não chegam aos micro e pequenos empreendedores por controle de risco dos bancos. 

Essa é uma das reclamações do presidente do Sescon-SP, Reynaldo Lima Jr, alertando a situação dos empresários de comércio e serviços.

 “De outro lado temos a demora para a edição da MP da redução de jornada e suspensão de contratos”.

Lima Jr acrescenta que o Brasil pode seguir o modelo dos Estados Unidos para auxílio de crédito ao patronato: cheques do Governo pelos correios. “Eles parecem atrasados, mas não são. Evitam que o dinheiro fique preso a burocracias válidas para condições normais”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários