Ministério da Educação
Agência Senado
Ministério da Educação

Depois de praticamente paralisar com demissões a TV INES, a dos surdos-mudos, o Ministério da Educação, que a banca, pediu à também estatal TV Brasil que assuma os custos e produções. A TV Brasil tem orçamento muito maior, de R$ 550 milhões, diante dos R$ 8 milhões com os quais a pasta financia anualmente o canal. Em tempo, a TV Brasil é a única estatal sem comprador na lista de ofertas das privatizações.

Um detalhe no fechamento da TV INES passou desapercebido. Apesar de o MEC afirmar que o Instituto Nacional de Educação de Surdos é autônomo, o ministério passa os recursos mensais para a entidade. Ou seja, na prática, o Ines é dependente do MEC.

O instituto, aliás, é ligado diretamente ao gabinete do ministro. Neste caso, há internamente quem comente que a TV Ines não poderia ter sido encerrada sem o conhecimento e a concordância do ministro Milton Leite e do seu secretário-executivo, Victor Godoi Veiga.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários