Apostas esportivas online
Agência Brasil
Apostas esportivas online

O Ministério da Economia, em parceria com o BNDES, iniciou licitação para contratação de uma empresa especializada para elaborar o plano de regulamentação das apostas esportivas online.

Conforme a Coluna divulgou ontem, já são mais de 500 sites operando no Brasil, porém a maioria controlados por estrangeiros, com faturamento de até R$ 7 bilhões por ano, sem pagar impostos ou gerar renda e empregos no Brasil. Essa primeira fase do estudo será para apresentar uma plataforma com a quantidade de licenças a serem operadas nos Estados, valores das mesmas e o tempo de duração.

As apostas foram aprovadas na Lei 13.756/2018, tituladas como Apostas de Quota Fixa. Mas falta a regulamentação, e os magnatas estrangeiros faturam no Brasil nessa brecha.

Ainda de acordo o BNDES, o processo que permitirá a estruturação da plataforma já cadastrou 38 empresas interessadas em elaborar o plano.

Enquanto isso, para não perderem mais espaço, empresários brasileiros articulam junto a 18 Estados que vão recriar suas loterias, na tentativa de uma modalidade regional.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários