Vacina
Agência Brasil
Vacina

Há uma preocupação velada – e plausível – dentro do Governo Federal sobre a entrega das vacinas encomendadas dos laboratórios que já tiveram autorização da Anvisa para negociar com o Ministério da Saúde.

Ocorre que o governo brasileiro entrou por último na fila das compras, diante dos impasses variados – até o negacionismo do presidente da República e a sua notória desconfiança sobre o produto. Países da Europa que lideram os pedidos mal receberam metade das encomendas.

O Ministério divulga que comprou mais de uma centena de milhão de doses, mas não garante quando chegarão. É o maior mico da História da pasta. Não há confirmação da segunda dose suficiente.

Enquanto isso, lobistas dos laboratórios estrangeiros que transitam no Ministério estão faturando US$ 0,50 (cerca de R$ 2,80) com a dupla dose negociada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários