professores
Reprodução

Professores

Entidades que representam professores preparam ações que serão protocoladas no Supremo Tribunal Federal (STF) para que os profissionais da educação sejam imunizados na primeira etapa da campanha nacional de vacinação.

Conforme o plano encaminhado ao STF pelo Ministério da Saúde, a imunização dos docentes está prevista para a fase 4. Deverão ser vacinados nessa etapa, segundo estimativa do Ministério da Saúde, professores do nível básico ao superior (2,34 milhões), forças de segurança e salvamento (850 mil) e funcionários do sistema prisional (144 mil).

Em uma das ações, sindicatos dos professores de São Paulo também vão solicitar a aplicação dos testes para o novo coronavírus que estavam estocados sem uso e foram revalidados pela Anvisa.

O ministro do STF, Ricardo Lewandowski, deu 48 horas para que o Ministério da Saúde apresente as datas de cada etapa do plano de vacinação. O prazo expira amanhã ao meio-dia.

Quilombolas

Quilombolas também ameaçam ir ao STF para serem incluídos no grupo prioritário. Segundo a entidade que os representa, Conaq, já foram registrados nas comunidades 4.646 casos confirmados, 1.416 monitorados, 169 óbitos e dois óbitos sem confirmação de diagnóstico.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários