Aeroporto de Foz do Iguaçu (PR)
O DIA/REPRODUÇÃO
Aeroporto de Foz do Iguaçu (PR)

Não há lugar no planeta onde as estatais são tão generosas para futuras compradoras. A Infraero vai gastar R$ 70 milhões para ampliar a pista do Aeroporto de Foz do Iguaçu (PR), para depois privatizá-lo – obra que, para quem entende do assunto, dentro e fora da empresa, poderia ser realizada pela futura dona do terminal.

Para um funcionário que prefere não se identificar, “o investimento, não previsto, acaba maculando o valuation do ativo e diminuindo seu valor no lance mínimo, além de desobrigar o futuro investimento nessa melhoria que foi feita antes da concessão, com dinheiro público”.

Em resposta à Coluna, a Infraero enviou uma nota com resposta que deixa dúvidas sobre a clareza da situação Informa que "esses investimentos retornarão diretamente no valor do ativo, pois esta obra já foi considerada na avaliação do valor a ser pago pelo futuro concessionário no edital de concessão do aeroporto paranaense". A conferir.

Ainda esclarece que "o valor do contrato da obra é de R$ 53,9 milhões. Os recursos são oriundos de um termo de convênio firmado entre a Itaipu e a Infraero, sendo 80% dos recursos provenientes da Itaipu e 20% da Infraero".

    Veja Também

      Mostrar mais