Vigilância Sanitária
O DIA/REPRODUÇÃO
Vigilância Sanitária

Os fiscais da Vigilância Sanitária da cidade do Rio de Janeiro estão eufóricos com o bloquinho na mão em tempos de pandemia. Relatos de empresários multados em R$ 150 indicam que exageram na fiscalização.

Tem dono de estabelecimento que foi autuado porque o cesto de lixo seco não tinha tampa; e o álcool gel, segundo os fiscais, têm de ter no máximo uma semana de uso. Tivemos acesso a duas multas e a três testemunhos de diferentes comércios autuados.

    Veja Também

      Mostrar mais