Horácio Cartes
Agência Brasil
Ex-presidente do Paraguai Horácio Cartes

O juiz federal Marcelo Bretas, do Rio de Janeiro, pediu à Justiça do Paraguai que notifique o ex-presidente Horácio Cartes e outros sete aliados hermanos, para que prestem depoimento na operação Lava Jato, no processo que resultou na prisão do doleiro Dario Messer – muy amigo de Cartes.

Mas ninguém no país sabe o paradeiro do ex-chefe da nação que, aliás, já teve mandado de prisão pedido pelo juiz brasileiro. A ordem, porém, foi cassada por decisão do ministro Rogério Schietti, do Superior Tribunal de Justiça. Para o Ministério Público Federal, Cartes é peça importante na lavagem de dinheiro de Messer.

Cartes não é só político. É dono da maior indústria de cigarros do país, a Tabesa – suspeita de vender para contrabandistas que trazem produtos de má qualidade para cá.

    Veja Também

      Mostrar mais