PF
Agência Brasil
Polícia Federal

Uma nota provocadora da FENAPEF, dos policiais, citando a ADPF, dos delegados, abriu novo flanco na discreta guerra interna na Polícia Federal, e vai parar na Justiça. A Associação dos Delegados de Polícia Federal avisou que vai acionar a Federação Nacional dos Policiais Federais pelo que chama de “graves e infundadas ilações”.

Na sua nota, a FENAPEF apoiou a operação Placebo, que cercou o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, mas no terceiro parágrafo citou que a deputada federael Carla Zambelli ( suspeita de saber da operação ) tem ligação com a ADPF, e que isso deve ser apurado. Os delegados não perdoram a provocação gratuita.

    Veja Também

      Mostrar mais