Celso de Mello
Agência Brasil
Ministro do STF Celso de Mello

Há uma iniciativa republicana, de bom senso e patriota na decisão do ministro do STF Celso de Mello em escolher a sexta-feira, após 17h, para liberar o conteúdo do vídeo da reunião-circo ministerial do Governo de Jair Bolsonaro, que compõe os autos do inquérito sobre suposta interferência do presidente da República na Polícia Federal.

Mello esperou o fechamento da Bovespa. E o fim de semana daria tempo para os ânimos se acalmarem – até o presidente se defender nas mídias.

Se liberasse antes, a qualquer horário comercial, a Bolsa despencaria com o show de horrores sobre ministros de Estados pedindo prisão de governadores, de ministros da Corte, mandando passar o trator com boiada sobre regras ambientais, e o presidente admitindo que luta para que a nau não se encontre com o icberg ali na frente.

Jair Bolsonaro teve 4 aparelhos com diferentes chips desde a campanha presidencial até esta semana, contam amigos. Qual deles o ministro Celdo de Mello quer?

    Leia tudo sobre: Bovespa

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários