Mariana
Agência Brasil
Mariana (MG)

A Lei 23.592 assinada na segunda pelo governador Romeu Zema, de Minas, obriga que cada obra construída em Mariana (MG) e região por verba de indenização pelo crime ambiental, haverá uma placa com o nome das vítimas do rompimento da barragem de Fundão. Gesto cidadão. Nenhuma citação, porém, à mineradora Samarco.

Em outra Lei (23.590), Zema instituiu o 25 de Janeiro como o Dia de Luto em Memória às Vítimas do Rompimento da Barragem I do Córrego do Feijão em Brumadinho, onde morreram quase 300 pessoas. ‘Esqueceu’ de incluir o nome da Vale.

    Veja Também

      Mostrar mais