Livros
Agência Brasil
Biblioteca

Com professores concursados e contratados para ensino de língua inglesa na rede estadual – está na grade curricular por lei – o Governo de Pernambuco surpreendeu os docentes e alunos com um edital de licitação que se abre na próxima quinta-feira: vai gastar R$ 51,3 milhões para contratar uma entidade que ofereça profissionais para ensino de inglês, espanhol e alemão.

A demanda é para aulas presenciais e em plataformas digitais nas escolas públicas no Estado. Não bastasse a surpresa da decisão, professores se perguntam, sem respostas, qual o interesse do Governo em ensinar alemão para 45 mil alunos, conforme previsto no edital.

Não há por ora, no mercado local, uma escola especializada em oferecer licenciatura em língua alemã para formação de professores – que devem ser ‘importados’.

Não bastasse a polêmica, os alunos da Universidade de Pernambuco voltaram às aulas com déficit de professores em 34 disciplinas. Muitos ainda estão sem aula.

O processo foi divulgado no Diário Oficial de Pernambuco no último dia 21 de fevereiro, sob o nº 0015.2020.CCPLE-X. PE. 014.SAD, da Secretaria de Educação.

    Veja Também

      Mostrar mais