Palácio do Planalto
Agência Brasil

Palácio do Planalto

Além da tensão provocada pelo avanço do novo coronavírus, a instabilidade na articulação política do Palácio e o atraso no envio de reformas – administrativa e tributária – arrefeceram o otimismo dos investidores.

Não bastasse isso, outras matérias enviadas pelo Governo ao Congresso – apoiadas pelo mercado financeiro – tramitam em ritmo lento. A PEC Emergencial, elaborada pela equipe econômica para conter o crescimento das despesas obrigatórias do Governo, esbarra no calendário da Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Serão realizadas três audiências públicas antes de o relator, senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR), ler seu parecer.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários