Aeroporto
Agência Brasil
Aeroporto

A falta de dinheiro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária para pagamento de horas extras aos servidores, para que cumpram plantão no desembarque de portos e aeroportos, é um dos motivos para as portas escancaradas do Brasil com risco de entrada de contaminados pelo coronavírus.

Deputados da Comissão Externa do Enfrentamento ao Coronavírus vão cobrar novamente do Ministério da Saúde a suplementação orçamentária para financiar as ações emergenciais contra o eventual surto.

No pedido, feito dias atrás ao secretário-executivo a pasta, João Gabbardo dos Reis, os parlamentares apontam como urgentes, além do pagamento das horas extras, outras duas medidas: compra de equipamentos de diagnóstico para os 26 laboratórios centrais em todo o País e modernização dos laboratórios nos Estados.

Dois passageiros leitores da coluna que chegaram nos últimos dois dias de Roma e Milão relataram que não houve, nem durante o voo tampouco no desembarque de seus aeroportos (Confins e Galeão) orientações e triagem sobre o coronavírus.

Até ontem, não havia por parte do Governo, nem pelas associações de hotéis, medidas preventivas contra o contágio de coronavírus. O manuseio de controle remoto é um dos itens citados por quem entende de hotelaria.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários