PM
Agência Brasil
Polícia Militar

A Polícia Militar acompanha com cautela a folia nas ruas de Minas Gerais. O departamento de Direitos Humanos da Defensoria Pública do Governo do Estado enviou recomendação aos comandantes da PM e dos Bombeiros para que “cumpram seu dever constitucional e legal”, mas “zelando pela liberdade de pensamento, de reunião, de manifestação, incluídas as de cunho político”, segundo documento ao qual a Coluna teve acesso.

Também recomendou que a PM se abstenha de “deter qualquer indivíduo e direcioná-lo sobre o conteúdo de suas falas (..) quando políticas, sob pena de praticar censura institucional”. Não havia, até ontem, ocorrência de episódio de violência grave.

    Veja Também

      Mostrar mais