Itamaraty
Agência Brasil

Itamaraty

O Ministério das Relações Exteriores nega ter distribuído a embaixadores o livro A Verdade Sufocada, do ex-chefe do Doi-Codi Carlos Alberto Brilhante Ustra. A resposta consta em Ofício (N.º 88/19), encaminhado em dezembro à primeira-secretaria da Câmara dos Deputados.

No documento, ao qual a Coluna teve acesso, o ministro Ernesto Araújo afirma que “não houve qualquer distribuição, para diplomatas, do livro de autoria de Ustra” e “tampouco houve uso do material do referido autor”.

O chanceler também afirma que “não cabe ao Ministério das Relações Exteriores comentar o conteúdo do livro em questão”.

“Trata-se de uma interpretação da história brasileira, que não compete ao Ministério”, diz o ministro, no ofício, sobre a posição da atual gestão do Itamaraty em relação à ditadura.  

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários