Tamanho do texto

Levantamento exclusivo da Coluna junto às Secretarias de Segurança de cinco Estados

Os seguidos e cruéis casos de feminicídios chamam a atenção das autoridades. Levantamento exclusivo da Coluna junto às Secretarias de Segurança de seis Estados, das cinco regiões do Brasil, mostra números assustadores.

Feminicídio arrow-options
Agência Brasil
Feminicídio

O Rio Grande do Sul lidera essa lista. Até outubro deste ano, foram alarmantes 82 feminicídios e 287 tentados. Em 2018, no mesmo período, os números foram de 117 mortes e 355 tentados.

Apenas no primeiro semestre deste ano, Minas Gerais teve 67 assassinatos de mulheres por seus maridos, namorados ou parceiros – 104 tentativas de assassinato no período. Em 2018, houve 157 feminicídios e 279 atentados no ano todo.

Números também significativos em Pernambuco, onde foram registradas 49 mortes este ano – em 2018 o Estado registrou 64 feminicídios. E estes são os dados oficiais.

No Distrito Federal, já foram registrados 31 crimes do tipo apenas este ano. E 25 em igual período de 2018. No Rio de Janeiro, houve 50 feminicídios até setembro de 2019, segundo o Instituto de Segurança Pública. No mesmo período do ano passado, 55 mulheres foram vítimas fatais.

Manaus puxa os registros no Amazonas: a Polícia Civil registrou 12 feminicídios até outubro na capital. Ano passado, foram apenas 3 casos no mesmo período e um registro no interior.  Os dados de São Paulo não foram informados.

Banalizou

Semana passada, o ministro do Superior Tribunal de Justiça Rogério Schietti negou recurso de um acusado de matar a mulher. O homem alegou legítima defesa porque ela teria se comportado mal.