A compra de armas por cidadãos não-militares aumentou expressivamente após o mês de abril, quando foi lançado o novo Sistema Nacional de Armas.

Compra de armas
Agência Brasil

Compra de Armas

O número de pistolas adquiridas, por exemplo, saltou de 5.981, nos quatro primeiros meses, para 10.887 entre abril e agosto. Os dados constam em documento do Ministério da Justiça, ao qual a Coluna teve acesso, entregue recentemente à primeira-secretaria da Câmara.

A compra de revólveres de diversos calibres também registrou aumento: saltou de 1.963, entre janeiro e abril, para 3.694 nos quatro meses subsequentes.  Entre as pistolas, lideram as compras as de calibre .380. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários