Alheios à previsão de déficit de mais de R$ 124 bilhões em 2020, deputados e senadores tentam turbinar os gastos no projeto da lei orçamentária do próximo ano.

Senado
Agência Brasil

Senado

Apresentaram mais de 8,7 mil emendas ao texto que, se aprovadas, podem elevar as despesas para os cofres públicos ao patamar de R$ 70,8 bilhões. Este ano, os parlamentares contam, cada, com R$ 15,9 milhões em emendas individuais para atender suas bases eleitorais. As emendas à lei orçamentária serão analisadas pela Comissão Mista e depois pelo plenário em sessão conjunta do Congresso Nacional.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários