Tamanho do texto

Ao seguir um costume tradicional no país e em parte da China, família afirma que tenta superar a morte do ente querido homenageando ‘seu estilo de vida’

Famílias de Taiwan contratam prostitutas, strippers e pole dancers durante os funerais
Reprodução/Taiwan News
Famílias de Taiwan contratam prostitutas, strippers e pole dancers durante os funerais

A diversidade humana revela-se em formas realmente incríveis. No caso do luto e dos rituais de passagem criados ao longo de milênios de experiências sociais e religiosas, há de tudo um pouco. No passado, egípcios e maias mumificavam seus mortos, por exemplo. Ainda hoje, hindus lançam pequenas barcas crematórias nas águas do rio Ganges.

Novos talheres inteligentes transformam a vida de pessoas com limitações

Já em Taiwan e algumas partes da China, por sua vez, muitas famílias celebram a vida de seus entes queridos – apenas do sexo masculino, diga-se de passagem – reunindo prostitutas, strippers e pole dancers durante os funerais. Tudo para homenagear o estilo de vida do parente que se foi.

Por mais estranho, machista e de péssimo gosto que possa parecer aos nossos olhos, o costume é aceito pelos religiosos locais e pela sociedade em geral. Na verdade, celebrações do tipo são vistas como um símbolo de status, poder e riqueza. Afinal, quanto maior, mais poderoso era o homenageado.

Alemã de 71 anos combate o neonazismo com uma lata de tinta spray

Nesta semana, o funeral de um político da cidade de Chiayi, em Taiwan, ganhou destaque merecido. Afinal, os números do evento realizado em honra do político local Tung Hsiang, morto aos 76 anos, são dignos de uma balada gigante.

Carreata com 50 dançarinas marca o funeral de político em cidade de Taiwan nesta semana, sendo destaque da mídia
Reprodução/Taiwan News
Carreata com 50 dançarinas marca o funeral de político em cidade de Taiwan nesta semana, sendo destaque da mídia

Segundo o jornal “Taiwan News”, nada menos que 50 jipes, cada um com uma stripper dançando sobre seu teto, puxaram uma procissão motorizada, que causou alguns quilômetros de congestionamento. Outros 100 carros de luxo, bandas e artistas compunham a celebração – devidamente documentada nas redes sociais de inúmeros habitantes da cidade.

Quebrou? Rasgou? Detonou? Inspire-se a transformar o estrago em arte

Também de acordo com o jornal local, o irmão do político disse que ele teria sonhado com seu funeral e, por isso, fez um pedido detalhado aos parentes antes da sua morte. A publicação ainda afirma que o político era muito respeitado no país e que várias autoridades compareceram ao evento em Taiwan.