A Câmara toca a passos lentos o projeto de lei 6726/16 que limita os valores recebidos por servidores ao teto constitucional atualmente de R$ 33.700.

O texto foi aprovado em dezembro de 2016 no Senado e continua numa gaveta em comissão especial na Câmara Federal.

Amanhã, a comissão do Teto Remuneratório realiza audiência pública com representantes de associações de juízes e magistrados – entidades que fazem pressão declarada contra o projeto para não perderem os benefícios.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários