O Partido Republicado da Ordem Social (PROS) procura um candidato para lançar à presidência da República.

O presidente da legenda, Eurípedes Jr, e o senador Hélio José (DF) – que saiu do PMDB e se filiou – convidaram o senador petista Paulo Paim (RS), que ficou balançado, mas não garante que topará.

Paim está mais disposto a tentar a reeleição, mesmo que seja pelo novo partido, diante da fritura pública do PT. “O convite me deixa orgulhoso, o assunto é importante; mas nas pesquisas no Rio Grande para Senador estou bem”, diz Paim, que emenda, cauteloso: “Já existe um quadro (de candidatos ao Planalto) próximo de definido”, indicado que deve ficar pela Casa Alta.

“O Brasil está precisando de nomes consistentes, com ficha limpa”, explica o convite o senador Hélio José. “É uma proposta para tirar o Brasil da crise”, complementa.

Hélio José foi fundador do PT. Hoje é suplente no Senado de Rollemberg – o governador do DF. Não descarta que o PROS, em 2018, se alie a Lula ou outro nome.

Lula da Silva incentiva novos candidatos ao Palácio para neutralizarem Bolsonaro. Trabalha cenário para 2º turno que lembra a de 2003: PT, PCdoB, PSB e PDT juntos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários