Em tempos de crise e (tentativa) de corte de custos, o Senado Federal cogitou abrir pregão para desembolsar mais de R$ 600 mil para “locação de grade de alambrado, painel metálico de fechamento de área e grade de barricada de contenção e proteção de público” para instalação em frente ao Congresso Nacional.

Leia também: Joesley Batista avalia aceitar pena de cinco anos de prisão

O valor é quase o triplo do investido na mesma estrutura em 2016 quando houve vários protestos durante a votação do impeachment e manifestações contra as reformas Trabalhista e da Previdência. A Diretoria-Geral do Senado recuou na licitação.

No aviso de revogação, publicado na segunda-feira, no D.O. da União, a Diretoria do Senado limita-se a informar que “o certame foi revogado em virtude da necessidade de reavaliar as ações prioritárias de contratações para o exercício de 2017”.

Leia também: Aprovação ao ensino das religiões é alta nos perfis de escolaridade e ocupação

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários