Depois do sufoco no julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral, que poderia apeá-lo do cargo, o presidente Michel Temer respira aliviado, por ora.

A conta do Palácio é a de que – se nada mais grave aparecer no cenário contra Temer – ele tem até 290 votos na Câmara Federal para derrubar a vindoura denúncia do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, amparada na delação de Joesley Batista.

Para Temer virar réu no STF, são necessários 342 votos dos 513 deputados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários