O Ministério da Justiça negou ontem o pedido de extradição do empresário Joesley Batista, feito pelo deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA).

Na nota oficial, o MJ justifica: “Não há sentença condenatória ou decretação de prisão nem ele é foragido”.

Leia também: Sem pudor, Joesley Batista pede desculpas à nação após tentar derrubar Temer

undefined
Ayrton Vignola/ Estadão Conteúdo 14.03.2011
Governo recusa extradição de Joesley por não ver argumentos plausíveis no pedido de deputado

Aleluia argumentara no pedido – com ofício revelado aqui no Blog – que, entre outros crimes financeiros e corrupção, Joesley teria especulado com a moeda nacional para lucar em dólar, ciente de que suas denúncias derrubariam a cotação do Real. Ele é alvo de investigação na CVM – Comissão de Valores Mobiliários.

Leia também: JBS custeou campanhas de 1.829 candidatos de 28 partidos políticos

Joesley se mudou com a família para os Estados Unidos poucos dias antes de explodir na mídia sua delação premiada junto ao Ministério Público Federal, na qual revelou, entre outras denúncias, uma gravação de conversa nada ortodoxa com o presidente Michel Temer.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários