undefined
Moreira Mariz/Agência Senado 09/11/2016
Conselho sequer foi composto para apreciar o pedido de cassação do mandato do senador afastado Aécio Neves (PSDB)

A despeito de todas as revelações bombásticas e comprometedoras contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o Conselho de Ética do Senado sequer foi composto para apreciar o pedido de cassação protocolado pelo senador Randolfe (Rede-AP).

Leia também: Esplanadeira: endereço de Aécio vira point no Rio e o plano da base para Maia

Das 15 vagas, houve 9 indicações de partidos até a última sexta-feira (26). Os nomes não foram divulgados porque o pedido de instalação do Conselho não foi lido pelo presidente Eunício Oliveira (PMDB-CE).

O ano já está às portas de Junho, todas as comissões funcionam com exceção do Conselho de Ética – pelo visto, assunto esquecido e assustador para os senadores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários